Novembro 2020

CircOOnferência

Circo Contemporâneo | Guimarães

A performance “CircOOnferência” está de regresso ás escolas de Guimarães! Tudo em equilíbrio seguindo as normas ds DGS.
Criado pela Companhia RADAR 360º em parceria com a Educação e Mediação Cultural d’a Oficina, Centro Cultural Vila Flor.
Direção Artística e Interpretação: António Franco de Oliveira
Dramaturgia e Figurinos: Julieta Rodrigues

CircOOnferência

Circo Contemporâneo | Guimarães

A performance “CircOOnferência” está de regresso ás escolas de Guimarães! Tudo em equilíbrio seguindo as normas ds DGS.
Criado pela Companhia RADAR 360º em parceria com a Educação e Mediação Cultural d’a Oficina, Centro Cultural Vila Flor.
Direção Artística e Interpretação: António Franco de Oliveira
Dramaturgia e Figurinos: Julieta Rodrigues

CircOOnferência

Circo Contemporâneo | Guimarães

A performance “CircOOnferência” está de regresso ás escolas de Guimarães! Tudo em equilíbrio seguindo as normas ds DGS.
Criado pela Companhia RADAR 360º em parceria com a Educação e Mediação Cultural d’a Oficina, Centro Cultural Vila Flor.
Direção Artística e Interpretação: António Franco de Oliveira
Dramaturgia e Figurinos: Julieta Rodrigues

Outubro 2020

CircOOnferência

Circo Contemporâneo | Guimarães

A performance “CircOOnferência” está de regresso ás escolas de Guimarães! Tudo em equilíbrio seguindo as normas ds DGS.
Criado pela Companhia RADAR 360º em parceria com a Educação e Mediação Cultural d’a Oficina, Centro Cultural Vila Flor.
Direção Artística e Interpretação: António Franco de Oliveira
Fotografia por: Miguel Oliveira “in” Trengo – Festival de Circo do Porto.

CircOOnferência

Circo Contemporâneo | Guimarães

A performance “CircOOnferência” está de regresso ás escolas de Guimarães! Tudo em equilíbrio seguindo as normas ds DGS.
Criado pela Companhia RADAR 360º em parceria com a Educação e Mediação Cultural d’a Oficina, Centro Cultural Vila Flor.
Direção Artística e Interpretação: António Franco de Oliveira
Fotografia por: Miguel Oliveira “in” Trengo – Festival de Circo do Porto.

SETEMBRO 2020

ARQUÉTIPO

DANÇA & ACROBACIA | 05 Set. 22h30, Convento de São Francisco, Coimbra | 06 e 13 Set. 19h, Feira do Livro, Porto

ARQUÉTIPO é uma performance escrita para o espaço público, que convida o espectador a refletir sobre o tema do “Amor” na sociedade contemporânea! A linguagem artística do projecto situa-se entre a dança e a acrobacia contemporânea. ADe facto, ele não è o Romeu… e ela não é a Julieta, mas a performance propõe-se a ser à sua maneira, uma reescrita improvável de Shakespeare dançado!

Direção Artística e Sonoplastia: António Franco de Oliveira
Bailarinos | Intérpretes: João Santiago e Joana Martins
Maquinistas | Intérpretes: Julieta Rodrigues, Rui Azevedo
Cenografia: Américo Castanheira
Figurinos: Julieta Rodrigues
Co produção: Radar 360º Associação Cultural,   Festival DDD OUT Corpo + Cidade , Festival Trengo, Festival Vaudeville Rendez Vous
Apoio á criação: Fundação GDA 

Dias:
05 Setembro, Coimbra, Convento São Francisco. + Info’s aqui!
06 e 13 Setembro, 19h,  Porto, Palácio de Cristal

ARQUÉTIPO

DANÇA & ACROBACIA | 05 Set. 22h30, Convento de São Francisco, Coimbra | 06 e 13 Set. 19h, Feira do Livro, Porto

ARQUÉTIPO é uma performance escrita para o espaço público, que convida o espectador a refletir sobre o tema do “Amor” na sociedade contemporânea! A linguagem artística do projecto situa-se entre a dança e a acrobacia contemporânea.
De facto, ele não è o Romeu… e ela não é a Julieta, mas a performance propõe-se a ser à sua maneira, uma reescrita improvável de Shakespeare dançado!

Direção Artística e Sonoplastia: António Franco de Oliveira

Bailarinos | Intérpretes: João Santiago e Joana Martins

Maquinistas | Intérpretes: Julieta Rodrigues, Rui Azevedo

Cenografia: Américo Castanheira 
Figurinos: Julieta Rodrigues 

Co produção: Radar 360º Associação Cultural,   Festival DDD OUT Corpo + Cidade , Festival Trengo, Festival Vaudeville Rendez Vous
Apoio á criação: Fundação GDA 

05 Setembro, Coimbra, Convento São Francisco. + Info’s aqui!

06 e 13 Setembro, 19h,  Porto, Palácio de Cristal

ARQUÉTIPO

DANÇA & ACROBACIA | 05 Set. 22h30, Convento de São Francisco, Coimbra | 06 e 13 Set. 19h, Feira do Livro, Porto

ARQUÉTIPO é uma performance escrita para o espaço público, que convida o espectador a refletir sobre o tema do “Amor” na sociedade contemporânea! A linguagem artística do projecto situa-se entre a dança e a acrobacia contemporânea.
De facto, ele não è o Romeu… e ela não é a Julieta, mas a performance propõe-se a ser à sua maneira, uma reescrita improvável de Shakespeare dançado!

Direção Artística e Sonoplastia: António Franco de Oliveira

Bailarinos | Intérpretes: João Santiago e Joana Martins

Maquinistas | Intérpretes: Julieta Rodrigues, Rui Azevedo

Cenografia: Américo Castanheira 
Figurinos: Julieta Rodrigues 

Co produção: Radar 360º Associação Cultural,   Festival DDD OUT Corpo + Cidade , Festival Trengo, Festival Vaudeville Rendez Vous

Apoio á criação: Fundação GDA 


05 Setembro, Coimbra, Convento São Francisco. + Info’s aqui!
06 e 13 Setembro, 19h,  Porto, Palácio de Cristal

AGOSTO 2020

ADAMASTOR

CIRCO CONTEMPORÂNEO - ENSAIOS

ADAMASTOR é um exercício de Circo Contemporâneo, dirigido artisticamente por António Franco de Oliveira e interpretado pelos alunos do primeiro ano do INAC (Instituto Nacional de Artes do Circo). Esta performance é um ato criativo que pretende refletir sobre os riscos do mundo presente, mergulhando no passado… para melhor interpretar o futuro! A arte sempre foi um lugar de risco, pois uma das suas características fundamentais é a de saber lidar com a dúvida, com o desconhecido, como parte integrante dos seus processos criativos. O Circo sempre foi por excelência a eterna arte do risco! Através das metáforas presentes no gesto e no virtuosismo dos seus artistas, o Circo sempre encarou o risco com a maturidade necessária para o desafiar, o abraçar, o minimizar e o ultrapassar! A peça não pretende ser um ensaio sobre o medo, sobre os “gigantes adamastores” que nos intimidaram ao longo da nossa história, muito pelo contrário, a peça propõe-se a ser um lugar repleto de esperança!

Imagem Créditos:
C.M Famalicão

Estreia 09 Agosto, 19h
ANIMA-TE – V.N. Famalicão, Parque da Devesa.

HISTÓRIAS SUSPENSAS

TEATRO-CIRCO, DIA 02 ás 16h e 18h, Matosinhos

Imaginamos três narradores de histórias. O corpo e a voz saltam para dentro das histórias, agindo e reagindo através de voos, voltas e reviravoltas. Criam-se desvios que nos levam a outras pequenas histórias. A ideia de suspensão acontece na acção e no enredo, que surpreende a cada momento. O Tempo nas histórias, ou pára ou passa muito rápido… aqui suspende-se no olhar de quem assiste e partilha esta aventura! O que vem a seguir?!

Direção Artística: Joana Providência
Intérpretes e Co-criadores: António Franco de Oliveira, Julieta Rodrigues e Rui Paixão
Cenário: A2G Arquitectura – Ângela Frias e Gonçalo Dias
Figurinos: Julieta Rodrigues
Adereços: Suzete Rebelo
Sonoplastia: Flanco
Coordenação Técnica, Cenografia e Operação de Som: Emanuel Santos

Matosinhos, no Jardim do Senhor do Padrão, 16h e 18h;
É gratuito mas deverão levantar os bilhetes perto do local, no posto de turismo até às 13h!

ADAMASTOR

CIRCO CONTEMPORÂNEO - ESTREIA DIA 09 ÁS 19H, FAMALICÃO

ADAMASTOR é um exercício de Circo Contemporâneo, dirigido artisticamente por António Franco de Oliveira e interpretado pelos alunos do primeiro ano do INAC (Instituto Nacional de Artes do Circo). Esta performance é um ato criativo que pretende refletir sobre os riscos do mundo presente, mergulhando no passado… para melhor interpretar o futuro! A arte sempre foi um lugar de risco, pois uma das suas características fundamentais é a de saber lidar com a dúvida, com o desconhecido, como parte integrante dos seus processos
criativos. O Circo sempre foi por excelência a eterna arte do risco! Através das metáforas presentes no gesto e no virtuosismo dos seus artistas, o Circo sempre encarou o risco com a maturidade necessária para o desafiar, o abraçar, o minimizar e o ultrapassar! A peça
não pretende ser um ensaio sobre o medo, sobre os “gigantes adamastores” que nos intimidaram ao longo da nossa história, muito pelo contrário, a peça propõe-se a ser um lugar repleto de esperança!

Imagem Créditos:
C.M Famalicão

Estreia 09 Agosto, 19h
ANIMA-TE – V.N. Famalicão, Parque da Devesa.

JULHO 2020

ADAMASTOR

CIRCO CONTEMPORÂNEO - ENSAIOS

ADAMASTOR é um exercício de Circo Contemporâneo, dirigido artisticamente por António Franco de Oliveira e interpretado pelos
alunos do primeiro ano do INAC (Instituto Nacional de Artes do Circo). Esta performance é um ato criativo que pretende refletir sobre os
riscos do mundo presente, mergulhando no passado… para melhor interpretar o futuro! A arte sempre foi um lugar de risco, pois uma
das suas características fundamentais é a de saber lidar com a dúvida, com o desconhecido, como parte integrante dos seus processos
criativos. O Circo sempre foi por excelência a eterna arte do risco! Através das metáforas presentes no gesto e no virtuosismo dos seus
artistas, o Circo sempre encarou o risco com a maturidade necessária para o desafiar, o abraçar, o minimizar e o ultrapassar! A peça
não pretende ser um ensaio sobre o medo, sobre os “gigantes adamastores” que nos intimidaram ao longo da nossa história, muito pelo
contrário, a peça propõe-se a ser um lugar repleto de esperança!

Imagem Créditos:
C.M Famalicão

Estreia 09 Agosto, 19h
ANIMA-TE – V.N. Famalicão, Parque da Devesa.

ADAMASTOR

CIRCO CONTEMPORÂNEO - ENSAIOS

ADAMASTOR é um exercício de Circo Contemporâneo, dirigido artisticamente por António Franco de Oliveira e interpretado pelos alunos do primeiro ano do INAC (Instituto Nacional de Artes do Circo). Esta performance é um ato criativo que pretende refletir sobre os riscos do mundo presente, mergulhando no passado… para melhor interpretar o futuro! A arte sempre foi um lugar de risco, pois uma das suas características fundamentais é a de saber lidar com a dúvida, com o desconhecido, como parte integrante dos seus processos criativos. O Circo sempre foi por excelência a eterna arte do risco! Através das metáforas presentes no gesto e no virtuosismo dos seus artistas, o Circo sempre encarou o risco com a maturidade necessária para o desafiar, o abraçar, o minimizar e o ultrapassar! A peça não pretende ser um ensaio sobre o medo, sobre os “gigantes adamastores” que nos intimidaram ao longo da nossa história, muito pelo contrário, a peça propõe-se a ser um lugar repleto de esperança!

Imagem Créditos:
C.M Famalicão

Estreia 09 Agosto, 19h
ANIMA-TE – V.N. Famalicão, Parque da Devesa.

ADAMASTOR

CIRCO CONTEMPORÂNEO - ENSAIOS

ADAMASTOR é um exercício de Circo Contemporâneo, dirigido artisticamente por António Franco de Oliveira e interpretado pelos alunos do primeiro ano do INAC (Instituto Nacional de Artes do Circo). Esta performance é um ato criativo que pretende refletir sobre os riscos do mundo presente, mergulhando no passado… para melhor interpretar o futuro! A arte sempre foi um lugar de risco, pois uma das suas características fundamentais é a de saber lidar com a dúvida, com o desconhecido, como parte integrante dos seus processos
criativos. O Circo sempre foi por excelência a eterna arte do risco! Através das metáforas presentes no gesto e no virtuosismo dos seus artistas, o Circo sempre encarou o risco com a maturidade necessária para o desafiar, o abraçar, o minimizar e o ultrapassar! A peça
não pretende ser um ensaio sobre o medo, sobre os “gigantes adamastores” que nos intimidaram ao longo da nossa história, muito pelo contrário, a peça propõe-se a ser um lugar repleto de esperança!

Imagem Créditos:
C.M Famalicão

Estreia 09 Agosto, 19h
ANIMA-TE – V.N. Famalicão, Parque da Devesa.

JUNHO 2020

A PREPARAR O REINÍCIO

Pensamentos e Ações para retomar a atividade num futuro próximo

Novidades a anunciar em breve!

A PREPARAR O REINÍCIO

Pensamentos e Ações para retomar a atividade num futuro próximo

Novidades a anunciar em breve!

A PREPARAR O REINÍCIO

Pensamentos e Ações para retomar a atividade num futuro próximo

Novidades a anunciar em breve!

MAIO 2020

(RE)PENSAR O ESPAÇO PÚBLICO

Tele-Conferência internacional | 3 Maio | 18h30 | via ZOOM

“O espaço público é um lugar de relações, conexões e partilha entre pessoas. A condição pandémica atual impede-nos de utilizar o espaço público e desafia-nos a (re)pensar a sua utilização futura. Que desafios enfrentamos? Que oportunidades para relançar as artes de rua? Será a intervenção artística no espaço público essencial para o retomar da confiança social?”

Oradores: Julieta Santos, Marta Martins, Tena Busquets e António Franco de Oliveira (Toni Oliveira);

Organização: Bússula, Outdoor Arts Portugal.

(RE)PENSAR O ESPAÇO PÚBLICO

Tele-Conferência internacional | 3 Maio | 18h30 | via ZOOM

“O espaço público é um lugar de relações, conexões e partilha entre pessoas. A condição pandémica atual impede-nos de utilizar o espaço público e desafia-nos a (re)pensar a sua utilização futura. 
Que desafios enfrentamos? Que oportunidades para relançar as artes de rua? Será a intervenção artística no espaço público essencial para o retomar da confiança social?”

Oradores: Julieta Santos, Marta Martins, Tena Busquets e António Franco de Oliveira (Toni Oliveira);

Organização: Bússula, Outdoor Arts Portugal.

Info’s: https://bit.ly/3d2lXs2
Inscrições: https://bit.ly/2VsmPQM

(RE)PENSAR O ESPAÇO PÚBLICO

Tele-Conferência internacional | 3 Maio | 18h30 | via ZOOM

“O espaço público é um lugar de relações, conexões e partilha entre pessoas. A condição pandémica atual impede-nos de utilizar o espaço público e desafia-nos a (re)pensar a sua utilização futura. 
Que desafios enfrentamos? Que oportunidades para relançar as artes de rua? Será a intervenção artística no espaço público essencial para o retomar da confiança social?”

Oradores: Julieta Santos, Marta Martins, Tena Busquets e António Franco de Oliveira (Toni Oliveira);

Organização: Bússula, Outdoor Arts Portugal.

Info’s: https://bit.ly/3d2lXs2
Inscrições: https://bit.ly/2VsmPQM

ABRIL 2020

MARÇO 2020

ARQUÉTIPO

Dança | Circo | Abrantes = ADIADO + informações em breve

ARQUÉTIPO é uma performance escrita para o espaço público, que convida o espetador a refletir sobre o tema do “Amor” na sociedade contemporânea! O epicentro da narrativa é um mergulho subcutâneo em direção ao nosso EU primitivo. A linguagem artística do projeto situa-se entre a dança e a acrobacia contemporânea. De facto, ele não é o Romeu… e ela não é a Julieta, mas a performance propõe-se a ser à sua maneira, uma reescrita improvável de Shakespeare dançado! 

Photo: Susana Chicó

Intérpretes photo: Joana Martins, João Santiago

ARQUÉTIPO

Dança | Circo | Abrantes = ADIADO + informações em breve

ARQUÉTIPO é uma performance escrita para o espaço público, que convida o espetador a refletir sobre o tema do “Amor” na sociedade contemporânea! O epicentro da narrativa é um mergulho subcutâneo em direção ao nosso EU primitivo. A linguagem artística do projeto situa-se entre a dança e a acrobacia contemporânea. De facto, ele não é o Romeu… e ela não é a Julieta, mas a performance propõe-se a ser à sua maneira, uma reescrita improvável de Shakespeare dançado! 

Photo: Susana Chicó

Intérpretes photo: Joana Martins, João Santiago

ARQUÉTIPO

Dança | Circo | Abrantes = ADIADO + informações em breve

ARQUÉTIPO é uma performance escrita para o espaço público, que convida o espetador a refletir sobre o tema do “Amor” na sociedade contemporânea! O epicentro da narrativa é um mergulho subcutâneo em direção ao nosso EU primitivo. A linguagem artística do projeto situa-se entre a dança e a acrobacia contemporânea. De facto, ele não é o Romeu… e ela não é a Julieta, mas a performance propõe-se a ser à sua maneira, uma reescrita improvável de Shakespeare dançado! 

Photo: Susana Chicó

Intérpretes photo: Joana Martins, João Santiago

FEVEREIRO 2021

Formação Artes | Arts Workshops

Manipula-Ação | Laboratório de Malabarismo Contemporâneo + Balleteatrinho
Manipula-Ação | Contemporary Juggling LAB + Balleteatrinho

O Serviço Educativo do Balleteatro convidou o António para orientar duas ações de formação:
“Manipula-Ação”, que vai decorrer no âmbito do Laboratório de Formação em Artes Performativas e “Perdido e Achado”, no âmbito do Balleteatrinho.

Manipula-Ação é um Laboratório de Malabarismo Contemporâneo que foca a abordagem pedagógica na descoberta e na exploração dos gestos do manipulador e na relação entre o corpo, o espaço e o objeto. Info’s aqui!

Perdido e Achado é um atelier onde os participantes são convidados a experimentar o movimento e a interpretação de uma obra literária infantil. Info’s aqui!

Fotografia: Teresa Couto;

Artista Fotografia: António Franco de Oliveira

__________________________________________________________________________________________________________________

The Educational Service from Balleteatro, invited António to direct two workshops.
Manipula-Ação, which is a Contemporary Juggling Workshop – Info’s here, and Perdido e Achado (Lost & Found) that is a movement workshop based on the book Lost & Found, info’s here.

Photography: Teresa Couto

Artist in Photography: António Franco de Oliveira

 

Formação Artes | Arts Workshops

Manipula-Ação | Laboratório de Malabarismo Contemporâneo + Balleteatrinho
Manipula-Ação | Contemporary Juggling LAB + Balleteatrinho

O Serviço Educativo do Balleteatro convidou o António para orientar duas ações de formação:
”Manipula-Ação”, que vai decorrer no âmbito do Laboratório de Formação em Artes Performativas e “Perdido e Achado”, no âmbito do Balleteatrinho.
Manipula-Ação é um Laboratório de Malabarismo Contemporâneo que foca a abordagem pedagógica na descoberta e na exploração dos gestos do manipulador e na relação entre o corpo, o espaço e o objeto. Info’s aqui!
Perdido e Achado é um atelier onde os participantes são convidados a experimentar o movimento e a interpretação de uma obra literária infantil. Info’s aqui!
Fotografia: Teresa Couto;
Artista Fotografia: António Franco de Oliveira
____________________________________________________________________________________________

The Educational Service from Balleteatro, invited António to direct two workshops.
Manipula-Ação, which is a Contemporary Juggling Workshop – Info’s here, and Perdido e Achado (Lost & Found) that is a movement workshop based on the book Lost & Found, info’s here.
Photography: Teresa Couto
Artist in Photography: António Franco de Oliveira 

Formação Artes | Arts Workshops

Manipula-Ação | Laboratório de Malabarismo Contemporâneo + Balleteatrinho
Manipula-Ação | Contemporary Juggling LAB + Balleteatrinho

O Serviço Educativo do Balleteatro convidou o António para orientar duas ações de formação:
”Manipula-Ação”, que vai decorrer no âmbito do Laboratório de Formação em Artes Performativas e “Perdido e Achado”, no âmbito do Balleteatrinho.
Manipula-Ação é um Laboratório de Malabarismo Contemporâneo que foca a abordagem pedagógica na descoberta e na exploração dos gestos do manipulador e na relação entre o corpo, o espaço e o objeto. Info’s aqui!
Perdido e Achado é um atelier onde os participantes são convidados a experimentar o movimento e a interpretação de uma obra literária infantil. Info’s aqui!
Fotografia: Teresa Couto;
Artista Fotografia: António Franco de Oliveira
_______________________________

The Educational Service from Balleteatro, invited António to direct two workshops.
Manipula-Ação, which is a Contemporary Juggling Workshop – Info’s here, and Perdido e Achado (Lost & Found) that is a movement workshop based on the book Lost & Found, info’s here.
Photography: Teresa Couto
Artist in Photography: António Franco de Oliveira

JANEIRO 2021

HORIZONTES 360º | HORIZONS 360º

ACTIVIDADES CULTURAIS 2021 | CULTURAL ACTIVITIES 2O21

Olhamos o horizonte com esperança!
Referimos as próximas atividades culturais da Companhia RADAR 360º para o ano de 2021:

  • Adaptação da Performance “Pequena CircOOnferência” para vídeo;
  • Ensaios para a nova criação “CircOOnferência”;
  • Circulação a partir do mês de Abril com alguns dos espetáculos em digressão nesta temporada:
    – O Baile dos Candeeiros, Histórias Suspensas, Arquétipo, Pequena CircOOnferência.

Fotografia: Teresa Couto;
Intérprete Fotografia: Viriato Morais in “Transportadores”.

___________________________________________________________________________________________________________________

We look in the horizon with hope!
Here are the following activities from the Company RADAR 360º for the year of 2021:

  • Adaptation for video from the performance “Pequena CircOOnferência” (Small Circumference);
  • Rehearses for the upcoming show “CircOOnferência” (Circumference);
  • Touring starts in April with some of the shows available for this season:
  • The Ball of the Lamps (O Baile dos Candeeiros), Suspended Stories (Histórias Suspensas), Archetype (Arquétipo), Small Circumference (Pequena CircOOnferência).

Photography: Teresa Couto;
Actor in Photo: Viriato Morais in “Transportadores”.

HORIZONTES 360º | HORIZONS 360º

ACTIVIDADES CULTURAIS 2021 | CULTURAL ACTIVITIES 2O21

Olhamos o horizonte com esperança! 
Referimos as próximas atividades culturais da Companhia RADAR 360º para o ano de 2021:

  • Adaptação da Performance “Pequena CircOOnferência” para vídeo;
  • Ensaios para a nova criação “CircOOnferência”;
  • Circulação a partir do mês de Abril com alguns dos espetáculos em digressão nesta temporada:
 O Baile dos Candeeiros, Histórias Suspensas, Arquétipo, Pequena CircOOnferência.

    Fotografia: Teresa Couto;

    Intérprete Fotografia: Viriato Morais in “Transportadores”.
    ____________________________________________________________________________

    We look in the horizon with hope! 
Here are the following activities from the Company RADAR 360º for the year of 2021:

  • Adaptation for video from the performance “Pequena CircOOnferência” (Small Circumference);
  • Rehearses for the upcoming show “CircOOnferência” (Circumference);
  • Touring starts in April with some of the shows available for this season: The Ball of the Lamps (O Baile dos Candeeiros), Suspended Stories (Histórias Suspensas), Archetype (Arquétipo), Small Circumference (Pequena CircOOnferência).

Photography: Teresa Couto;

Actor in Photo: Viriato Morais in “Transportadores”.

HORIZONTES 360º | HORIZONS 360º

ACTIVIDADES CULTURAIS 2021 | CULTURAL ACTIVITIES 2O21

Olhamos o horizonte com esperança! 
Referimos as próximas atividades culturais da Companhia RADAR 360º para o ano de 2021:

  • Adaptação da Performance “Pequena CircOOnferência” para vídeo;
  • Ensaios para a nova criação “CircOOnferência”;
  • Circulação a partir do mês de Abril com alguns dos espetáculos em digressão nesta temporada:
 O Baile dos Candeeiros, Histórias Suspensas, Arquétipo, Pequena CircOOnferência.
    Fotografia: Teresa Couto;

    Intérprete Fotografia: Viriato Morais in “Transportadores”.
    _______________________________

    We look in the horizon with hope! 
Here are the following activities from the Company RADAR 360º for the year of 2021:

  • Adaptation for video from the performance “Pequena CircOOnferência” (Small Circumference);
  • Rehearses for the upcoming show “CircOOnferência” (Circumference);
  • Touring starts in April with some of the shows available for this season:
  • The Ball of the Lamps (O Baile dos Candeeiros), Suspended Stories (Histórias Suspensas), Archetype (Arquétipo), Small Circumference (Pequena CircOOnferência).
    Photography: Teresa Couto;

    Actor in Photo: Viriato Morais in “Transportadores”.